Marketing de conteúdo 5 Lightbox Available

Tudo sobre Inbound Marketing: o que é e por que fazer

Dicas para quem quer começar a produzir conteúdo, aumentar os visitantes do site, ter mais seguidores nas redes sociais e conquistar novos clientes

A produção de conteúdo baseia-se em três pilares: finalidade, formato e tópico. Seu objetivo é atrair, converter e encantar, para transformar clientes em promotores da marca. Veja tudo sobre Inbound marketing para entender como se fecha esse virtuoso ciclo de suporte e comunicação.

Planeje, crie, distribua e analise os resultados. Repita até que as métricas sejam relevantes o suficiente ou os objetivos tenham sido superados.

Para aumentar a eficiência dos conteúdos produzidos vale, como exercício, buscar resolver um problema ou dúvida por vez, com bastante profundidade.

Está começando em marketing de conteúdo? Neste post, trazemos Tudo sobre Inbound marketing: o que é e por que fazer.

Três definições importantes para marketing digital

  1. Marketing de conteúdo é a criação e distribuição de conteúdo multiplataforma a fim de atrair, educar e conquistar clientes.
  2. SEO (Search Engine Optimization) é um grupo de técnicas utilizadas para melhor ranquear sites nos sistemas de buscas da internet.
  3. Inbound marketing é a junção dos dois primeiros a uma estratégia consistente de redes sociais.

Tudo sobre Inbound marketing

O que é marketing Inbound

Tudo sobre Inbound Marketing para iniciantes

No marketing Inbound seu dever é auxiliar o cliente durante a sua jornada

O marketing Inbound foca na resolução de problemas e no suporte às pessoas afins às personas de interesse para o seu negócio, em cada fase delas dentro da jornada de compra: conhecimento, consideração e decisão.

O Inbound tem como objetivo encontrar um público-alvo específico e conseguir sua autorização para abrir um canal de comunicação, que pretende ser duradoura.

Por isso, também é entendido como conteúdo de contexto. É o mais próximo da audiência, uma vez que busca entender seus objetivos, angústias ou desafios enfrentados para auxiliá-la na resolução.

Falando com as pessoas certas

A maioria das pessoas está nas redes sociais e realiza diariamente pesquisas no Google, os dois principais canais de atuação do Inbound marketing.

Dentro da sua estratégia de marketing digital, defina as personas do seu negócio e determine as redes sociais nas quais elas são mais ativas. Direcione seus esforços de Inbound marketing.

Você já sabe quem é e onde está seu público-alvo. Para terminar de cercá-lo, faça uma lista de keywords relacionadas a cada etapa dessas personas escolhidas dentro da jornada do comprador. Busque conduzi-las dentro do funil de vendas, de forma encadeada e natural.

Proposta editorial

Agora você tem um leque de conteúdos relevantes para produzir e distribuir nos canais que suas personas estão, podendo auxiliá-las, seja em qual etapa dentro do funil de vendas.

Gere confiança e crie relacionamento para transformar sua audiência/os visitantes em leads.

Pessoas compram de empresas que elas confiam e este é um dos motivos por que fazer Inbound marketing. É a forma mais barata de mostrar que você sabe o que faz.

Ao que tudo indica, é mais provável que a audiência da internet confie em empresas que mostram conhecer os caminhos para resolver seus problemas e angústias, antes de querer cobrar para isso.

Estude o lead

O visitante preencheu um formulário no seu site e aceitou abrir comunicação com sua empresa? Você acaba de transformar um visitante em lead, matéria-prima do Inbound marketing. Estude o novo lead em busca de insights.

Entre no Google Notícias para ver as últimas informações sobre a empresa que ela trabalha, verifique os perfis no LinkedIn, da organização e do lead, lá você verá a posição dele dentro da empresa e qual a melhor forma de buscar engajamento com ele.

Estratégia de Inbound marketing

Inbound 3

Você deverá combinar a produção de conteúdos evergreen, aqueles que, mesmo com o passar do tempo, continuam performando bem e atraindo visitantes para seu site, com a geração de conteúdos de notícias, de forte atração momentânea da audiência.

Além de prever a criação de conteúdos pensados para auxiliar seus visitantes em todas as etapas dentro da jornada do comprador, a fim de criar uma sequência de conteúdos relevantes para a nutrição dos leads e relacionamento com a audiência qualificada.

Pensar produtos completos e ações de marketing que incentivem a conversão de visitantes em leads, como e-books, consultoria grátis etc. Tudo para convencer o visitante a abrir um canal de comunicação com seu negócio.

Busque também por audiência de pessoas semelhantes às personas escolhidas, no Google e nas redes sociais, objetivando gerar mais tráfego para o site, para realimentar a estratégia de geração de leads.

Tenha conteúdo sobre seu mercado, para mostrar ao Google que você conhece sua área de atuação. Para receber informações ou novas menções sobre o mercado ou empresas, use Webmaster tools, plug-in para verificar as keywords que trazem mais visitantes para seu endereço.

Sites para consulta de palavras-chave

Nos endereços abaixo, você pode inserir a palavra-chave mestre e estudar variações relacionadas às buscas daquele termo na internet.

Assim, você pode escolher uma que seja de cauda longa e evitar concorrer com os gigantes da internet para rankear para termos mais curtos.

As duas primeiras ferramentas funcionam de forma similar, gerando listas de palavras-chave bem parecidas, mas, às vezes, mistura idiomas.

Elas são indicadas para quem precisa ter insights para escolher palavras-chave de cauda longa para posicionamento do seu conteúdo.

Já a do Google apresenta o volume de buscas da palavra-chave escolhida e as keywords mais relevantes presentes nos conteúdos sobre o tema, em português.

Otimização de sites: como fazer

Para gerar mais tráfego para seu site, o Inbound marketing conta com dois tipos de otimização:

Como fazer otimização do seu site

On page

Principais itens para otimização de sites on page

  • Page tittle
  • URL
  • Título
  • H1, H2, H3, H4, H5 etc.
  • Palavras-chaves e expressões
  • Meta description
  • ALT das imagens
  • Endereço mobile friendly
  • Links

Tente usar a keyword do texto na URL do artigo, isso é extremamente útil para mostrar à audiência o conteúdo da página ou post.

O uso de links internos nos conteúdos das páginas do site é importante para gerar tráfego para outras páginas e, com isso, relevância para o endereço.

Os links internos devem ser posicionados sobre palavras e expressões-chaves para o conteúdo linkado.

Já o uso de links externos tem duas funções principais: criar relacionamento com outros endereços e mostrar ao Google que você fez sua parte na geração de conteúdo de qualidade, ao buscar referências em sites com autoridade no assunto tratado no post.

Se seu site não é Mobile friendly, você está perdendo tráfego de buscas realizadas a partir dos smartphones.

O Page tittle é o nome que aparece para a página na aba dos navegadores desktop. Já os recursos título, URL, H1, H2, H3, ALT e meta description foram tratados no post sobre como escrever artigos otimizados para SEO.

Off-page

  • Links recebidos
  • Comentários em outras páginas e sites
  • Participação ativa em grupos de discussão
  • Guest posts
  • Compartilhamento nas redes sociais
  • Promoção do conteúdo nas redes sociais

Otimização off-page é tudo que você faz para melhorar o alcance do conteúdo do site fora dos seus limites.

Uma das melhores formas de rankear bem nos resultados de buscas na internet é ter autoridade de página. A quantidade de páginas externas que linkan para você são responsáveis por aumentar sua autoridade no Google.

Compartilhe os posts e seus conteúdos nas redes sociais e e-mail marketing, para potencializar a audiência até que o conteúdo seja bem indexado pelo Google.

Tenha relacionamento com empresas e profissionais importantes do setor. Isso poderá aumentar suas chances de receber links.

Priorize os termos para os quais sua empresa deseja construir link building, caso escreva algum guest post para outro endereço.

Crie página da sua empresa no Yelp, Páginas amarelas, entidades de comércio ou junta local, isso ajudará seu negócio a receber links ou menções. Menções são exposições da sua marca, mesmo sem links, e isso também ajuda na construção da sua autoridade.

Seja ativo em grupos de discussão e fóruns relacionados ao seu negócio, na internet e redes sociais.

Crie links específicos para páginas diferentes do seu site no G+. Para ranquear nos resultados do Google são levados em consideração também os links recebidos no G+.

Lá no G+ tem possibilidade de registrar sua empresa como um negócio local; e isso ajudará sua organização a rankear melhor nas buscas realizadas na região geográfica onde está. Use o Google meu Negócio.

Quanto mais popularidade/views e autoridade/back links você tiver, mais fácil será aparecer na primeira página do Google.

Como atrair links para o seu site

  • Crie listas robustas
  • Guias completos
  • Infográficos
  • E-books
  • Entrevistas com personalidades do mercado
  • Invista em design de alto nível

Dicas para conquistar audiência

Se você for uma empresa pequena ou iniciativa individual, aposte em palavras-chave long tail, mais específicas e menos disputadas que keyword mais curtas.

Exemplo: Marketing de conteúdo vs. Marketing de conteúdo para pequenas empresas.

Blog posts

Os posts do blog são seus principais produtos de conteúdo. Os posts devem ser construídos com respeito às recomendações para otimização de páginas.

Eles devem ser facilmente scaneáveis, isso facilita a empatia do leitor com o conteúdo à medida que fica mais fácil encontrar as informações que ele deseja. Use negrito, subtítulos, imagens etc.

O título do artigo deve ter entre 50 e 60 caracteres e a meta description não deve ultrapassar 153.

Os textos com duas mil palavras ou mais parecem ser priorizados pelo Google.

Antes de começar a escrever, use os recursos gratuitos a seu favor: escolha a melhor palavra-chave, a partir do volume de buscas comparado à dificuldade para seu bom posicionamento, para decidir se realmente vale a pena investir.

Outros sites interessantes para todo produtor de conteúdo conhecer: teleco.com.br, Statista, eMarketer e We are social.

Facilite aos visitantes se tornarem audiência cativa do seu conteúdo. Ofereça formas de as pessoas assinarem o conteúdo criado:

  • Próximos posts em primeira mão
  • Newsletter
  • RSS

Como conseguir melhor indexação no Google

Se você está começando, publique o conteúdo isca em grandes redes sociais como G+, Pinterest e YouTube, aproveite a força desses endereços no motor do Google, e conquiste posições melhores nos resultados do que conseguiria fazendo apenas conteúdo para seu site/blog.

Aposte nos conteúdos mais relevantes para o seu negócio.

Frequência mínima para atualização dos canais digitais

Blog

2 vezes por semana

Facebook

2 vezes por dia

Twitter

De 4 a 6 vezes por dia

Instagram

2 vezes por semana

G+

2 vezes por semana

LinkedIn

2 vezes por semana

Pinterest

2 vezes por semana

Como criar conteúdo relevante

Faça o dever de casa, monte um bom feed de notícias da sua área. Acompanhe endereços relacionados aos interesses das suas personas.

Faça, refaça, adapte. Teste o alcance do conteúdo e o engajamento da audiência.

Estude bem o público.

No Brasil, a nunca antes indica realizar os testes abaixo:

  • Venda itens de diferentes valores no OLX. Trace um perfil da sociedade brasileira.
  • Enfrente a fila do BB no plantão judiciário para pagamento de processos durante a greve dos bancos.
  • Viaje de ônibus, trem e metrô no seu dia a dia para conhecer a realidade das pessoas.
  • Frequente fóruns na internet, como o br.yahoo.answer.
  • Leia os comentários nas matérias de grandes portais, foco nos mais polêmicos.

O que fazer para ter sucesso nas redes sociais

No Facebook

  • Crie uma Página, não perfil
  • Destaque sua like box
  • Estude como alcançar mais fãs
  • Publique imagens
  • Capriche nos títulos e legendas
  • Tenha conteúdos relevantes
  • Incentive a interação
  • Escolha a melhor hora para postar
  • Faça ao menos 1 post por dia

Um erro comum para iniciantes é criar um perfil na rede social e não uma Página de empresa. Caso tenha cometido este erro, é só pedir ao Facebook a alteração de perfil para Página.

Abra caminho para a interação com a audiência. Peça que comente, faça enquetes, termine o conteúdo com perguntas etc.

Atente-se ao volume de conteúdo ideal para Facebook: textos de 250 caracteres ou 80 palavras.

Veja no Facebook insights qual a melhor hora para publicar e os conteúdos de melhores engajamentos.

Como o Facebook escolhe o que você vê

O Edge rank do Facebook escolhe os posts que serão mostrados no seu feed por:

  • Afinidade: quanto aquela pessoa se relaciona com o seu perfil, posts ou página
  • Peso do formato e do engajamento: imagens têm vantagens para aparecer sobre os textos/vídeos têm vantagem sobre imagens. Quanto mais pessoas veem e interagem com o post, maior é o alcance
  • Data: posts mais recentes têm prioridade sobre os mais antigos

No Twitter

  • Escolha as melhores palavras para seu tweet, são apenas 140 caracteres
  • Siga as referências do seu mercado e interaja com elas
  • Dê RT, faça perguntas em outros tweets
  • Siga de volta para poder ter o canal de comunicação direta aberto
  • Use Twitter card, que permite expansão do tweet para mostrar vídeos, imagens etc.

No LinkedIn

  • Participe ativamente de grupos
  • Preencha todos os dados do perfil
  • Crie a página da sua empresa
  • Utilize no texto palavras-chave do mercado
  • Invista em anúncios
  • Foque em abrir relacionamento com pessoas em posições de decisão dentro da empresa: quem contrata fornecedor ou outras empresas
  • Participe de fóruns na rede social
  • Publique conteúdo para criar autoridade, mas não tente vender para não ser visto como spam
  • Seja o primeiro a criar um grupo para sua área de atuação, caso ainda não tenha ou os grupos existentes sejam irrelevantes

Como dono do grupo, você ganha os leads, já que tem acesso ao canal para enviar e-mail marketing aos participantes do grupo.

No G+

  • Crie seu perfil pessoal
  • Atente para as empresas com muitas pessoas no seu círculo
  • A rede social auxilia no melhora do ranking nos resultados do Google: links internos no G+ contam para SEO e para a autoridade do seu site/blog
  • Marque todos os posts do blog com o +1 do G+, isso também ajuda na posição do ranking

Os artigos publicados na sua conta pessoal geram pontuação para seu perfil e te credenciam como autor, independente da plataforma que você use para escrever.

Ganhar autoridade de produtor de conteúdo em determinado setor, fortalecerá seu nome como autor. Quando você usa o recurso, sua foto aparece nos resultados de buscas do Google, o que aumenta a conquista de cliques e aberturas. Faça parte da rede e seja ativo antes que todo mundo comece a fazer.

Agora é testar. Só assim, você vai saber se escolheu a melhor estratégia de marketing digital para o seu negócio. Conte para a gente se o post Tudo sobre Inbound marketing foi capaz de esclarecer todas as suas dúvidas e mãos à obra.

MarceloEmpreenderjunho 22, 20170 commentsblog, conteúdo, digital, estratégia, facebook, G+, inboundmarketing, Instagram, LinkedIn, marketingdeconteúdo, off-page, on-page, Pinterest, SEO, Twitter.

Compartilhe este post:

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *